Eu não vou pedir por respeito, eu vou apenas continuar vivendo o Evangelho.

Foto: Otto Helberg

Foto: Otto Helberg

Ontem eu li um artigo que me chamou bastante atenção, onde o jogador de futebol americano Tim Tebow acabou sendo dispensado pela namorada, que foi Miss Universo em 2012, pelo fato dele querer se manter virgem até o casamento. Em um país onde a maioria das pessoas se consideram cristãs, ainda assim essa foi uma grande surpresa para a mídia, que acabou trazendo crítica na direção do atleta, o que me fez refletir sobre o Evangelho que temos vivido.

Tem alguns assuntos que eu geralmente não compartilho muito. Mas quando muitas pessoas descobrem que eu também só quero ter uma relação sexual após o casamento, a maioria dos olhares e palavras são de “você é maluco” ou “você é gay?”. Quando eu digo que não quero beber, recebo perguntas irônicas como “a sua igreja não permite?”. E assim por diante… O deboche está sempre presente desde sempre. E o mais irônico é que acaba vindo de pessoas que se dizem ter a “mente aberta”.

Mas, sinceramente, esse é o meu posicionamento: eu não ligo! E eu também não vou pedir por respeito. No momento em que Jesus foi acusado, Ele apenas se entregou pela humanidade. Ele não disse nada. Ele fez a maior prova de amor: morreu por nossos pecados.

Nós temos que entender que, se estamos nEle, nosso único objetivo é o de seguir na direção que Ele nos indica. Assim, não precisamos da aprovação de ninguém em nossas escolhas porque sabemos que estamos no melhor caminho e isso já é o suficiente.

Esse que é o ponto de mudança na vida com Deus: Quando temos a revelação de que somos completamente aceitos pelo Pai, é impossível que nos sintamos rejeitado por qualquer pessoa, seja ela quem for!

Acontece que a maioria dos cristãos que eu conheço só aprenderam a se posicionar em fé quando se trata de receber algo de Deus, seja uma cura, uma promoção no trabalho, carro ou casa nova. A maioria dos programas de televisão evangélicos só falam disso. Acham que estão vivendo uma vida incrível por terem muitas coisas materiais, mas acabam perdendo a melhor parte, que é a intimidade com o Pai. 

Não falo isso como se eu estivesse exigindo uma vida perfeita, pois cada um sabe das batalhas e desafios que vivem. Mas que seja de forma transparente, aos pés do Pai, sabendo que não há mais condenação para aqueles que estão em Cristo Jesus; que seja crescendo na identidade de filhos e filhas, deixando para atrás as coisas que para atrás ficam, se revestindo do novo homem. Que seja se negando a si mesmo, como Cristo nos direcionou.

Assim, tire os olhos da sua “reputação” e olhe para Ele. Se posicione em fé, na certeza de que Deus nunca irá falhar! Você foi chamado para viver uma vida incrível, cheia de paz e alegria! Tenho certeza se você manter o foco em Seu amor, sua vida nunca mais será a mesma.


Leia também:
Me desculpe se a igreja te machucou
Até que ponto confiar em Deus?
Afinal, qual o propósito de Deus pra humanidade?
O que fazer quando você se sente sozinho

 

DEIXE UM COMENTÁRIO!

3 comentários sobre “Eu não vou pedir por respeito, eu vou apenas continuar vivendo o Evangelho.

  1. É aquele negocio, nós fazemos as coisas focadas em outro mundo e quem não é de lá não entende. estava lendo um livro que falava exatamente sobre isso, você não deixa de fazer coisas para chegar ao céu e sim porque o céu já começou a ser gerado em você.
    Abraço!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s