Arquivo da categoria: Estilo de Vida

Quando Comecei a Viver o Sobrenatural!

Essa experiência mudou a forma que eu oro, vivo e ministro sobre a vida das pessoas!

Espero que te inspire e te encoraje!

Jesus é lindo demais!

Se você foi abençoado, curta e compartilhe!
Vamos espalhar boas notícias!

WORKSHOP de Caça ao Tesouro
Para receber o treinamento em sua igreja, entre em contato: gabrieldossantos.contato@gmail.com

Por Que A Culpa É Sempre De Deus?

homem e Deus

Deus é bom! Talvez muitas pessoas e circunstâncias queiram dizer o oposto dessa afirmação, mas Ele é sempre bom. Olha quanta coisas incrível Jesus fez:

1- Certa vez uma tempestade pegou os discípulos de surpresa e começou a inundar o barco em que eles se encontravam. Jesus, dormindo, foi chamado às pressas. E o que Ele fez? Ele acalmou a tempestade.

2- Em diversas ocasiões as pessoas se aproximaram de Jesus com necessitando cura. E o que Ele fazia? Ele curava a todos que vinham até Ele.

3- Em um outro momento, quando ensinava no deserto, antes de despedir a multidão, decidiu alimentá-la para que não viessem a desfalecer no meio do caminho. Porém, só encontrou 5 pães e 2 peixes. Mas foi o suficiente para que Ele multiplicasse e deixasse a todos satisfeitos.

4- E quando Jesus foi abordado pelos cobradores de impostos sobre a sua contribuição, pediu para que Pedro fosse ao mar e jogasse o anzól e que dentro de um peixe acharia a provisão necessária.

Além dele ter vindo para nos dar a vida eterna, Ele ainda resolveu o problema da dificuldade física, de ordem natural, do emocional e da necessidade material!

Mas tem um grande motivo para Ele agir dessa forma: Jesus só fazia aquilo que Ele via o Pai fazendo.

E durante a sua jornada na Terra, Ele acaba nos deixando um legado bem interessante: “Aquele que crê em mim fará também as obras que tenho realizado. Fará coisas ainda maiores do que estas, porque eu estou indo para o Pai”

Então por que ainda insistimos em culpar a Deus pelas coisas que não compreendemos?

E quando tudo não sai da forma que a gente espera, por que insistimos a diminuir o Evangelho ao grau da nossa experiência?

O Pai continua fazendo grandes coisas!

É claro que Deus é soberano. Mas nós somos chamados para sermos portadores da esperança em um mundo decaído, quebrado e sofrido, demonstrando o seu amor e a sua bondade de forma naturalmente sobrenatural. Ele colocou o Seu próprio Espírito dentro de nós para que não vivéssemos aquém da realidade desse mundo.

Mas isso só será possível quando nós entendermos que a nossa missão não é simplesmente ir pro céu, mas estabelecermos o Céu na Terra.

Está na hora da gente começar a parar de apontar o dedo, tanto pra Deus quanto pra nós mesmos, tentando buscar uma saída para algo parece inexplicável. Pois uma coisa é certa: quanto mais avançamos na revelação de que somos filhos e filhas, mais paramos de culpar a Deus pelas coisas que aconteceram ou deixaram de acontecer, porque Deus é bom!

COMPARTILHE ESSE TEXTO! 

Eu tenho certeza de que ele pode impactar alguém que você conhece!

12976854_1144084505624416_4504383907097072953_o

Leia também:
4 Dicas Para Um Evangelismo Sobrenatural
Quando eu disse ADEUS a pornografia
– 3 Princípios Sobre Como Curar os Enfermos

facebookcomentario

9 Coisas Que Toda Pessoa Que Tem Problema Com PORNOGRAFIA Precisa Saber

Foto: leokandlin

Em março deste ano eu gravei um vídeo onde eu conto um pouco sobre meu processo de dizer “adeus” à pornografia e, desde então, eu tenho recebido dezenas de mensagens e e-mails onde pessoas compartilham suas histórias e pedem por ajuda. 

No vídeo (que eu recomendo que você assista antes de continuar a ler o texto) eu falo bastante da transparência, mas tem muitos outros aspectos que foram fundamentais para que eu andasse em plena liberdade! Por isso que quero compartilhar 9 coisas que toda pessoa que tem problema com pornografia precisa saber.

1- Você é AMADO

Após Jesus ter sido batizado, ele foi levado ao deserto. E foi no deserto que o diabo tentou fazer com que Jesus esquecesse de que ele era filho AMADO. E é no meio do seu deserto que o inimigo vai tentar fazer com que você se esqueça de que Deus te ama de forma incondicional. Por isso você precisa focar no amor do Pai, pois o Seu amor lança fora todo o medo. Deus te ama!

2- Você é PERDOADO

“Eu fiz de novo. Caí mais uma vez. Não sei se Deus pode me perdoar novamente.”, foi algo que eu ouvi de algumas pessoas. Meu amigo, Ele pode e Ele quer te perdoar. Se Ele não quisesse, Ele jamais enviaria Jesus. Deus quer que você experimente um romper muito mais do que você mesmo deseja. Se não fosse assim, Ele não entregaria o seu único filho para morrer por você! Ele te perdoou!

3- Você é SANTO

Em Cristo Jesus, você foi feito santo. E santo significa simplesmente “separado”.
Certa vez, ouvi o Kris Vallotton dizer: “se você acreditar que você é pecador, você vai pecar pela fé.”
A partir do momento em que você acredita em quem ele te chamou para ser interiormente, certamente você vai manifestar a plenitude dessa realidade exteriormente.
Se você quer ler mais sobre esse assunto, dá uma olhada no texto: “E quem foi que disse que você é um pecador?

4- Não tem a ver com sentimento

Ore, medite e renove a mente nos três primeiros tópicos. Peça que Deus te dê cada vez mais revelação do Seu amor pela sua vida. Muitas pessoas me enviaram mensagens dizendo: “Eu não sei se Deus me ama!”, “Eu não sei se Deus me perdoa!”, “Eu não sinto o Seu amor por mim!”. Eu juro que pensei: “O que essas pessoas estão ouvindo nas igrejas?”. Nós não fomos chamados para andar pelos sentimentos, mas pela fé. Se você não consegue crer naquilo que a Palavra diz ao Seu respeito, como você quer experimentar liberdade? Por isso,quando você não sentir nada, se posicione ainda assim! 

5- Deus se alegra por ter te criado

Acredito que você já leu ou ouviu esse versículo em algum lugar: “A alegria do Senhor é a vossa força”. Eu cresci na igreja, mas acho que eu não tinha muita revelação sobre isso. Porque foi no momento em que eu vi o Pai sorrindo para mim e se alegrando sobre minha vida, que eu fui fortalecido para enfrentar a pornografia. A Sua alegria nos mantêm fortes, prontos para enfrentar qualquer desafio!

6- Desenvolva alguns limites

Se você percebe que existe um certo padrão em sua vida que te leva a ver pornografia novamente, mude esse padrão. Mas lembre-se que os limites não se baseiam em uma mera lista de regras para te controlar, mas que eles servem para proteger os valores que você escolheu dizer “sim” e não para proteger algo que você tem medo de cair novamente. Assim, que o seu “sim” para viver em pureza seja mais alto do que o medo de cair em pornografia novamente.

7- Não se trata apenas de “confessar os pecados”

Eu ouvi MUITA gente dizer: “Gabriel, muito legal que você compartilhou com o seu amigo e experimentou romper. Mas é que eu já fiz isso, compartilhei com algumas pessoas e permaneço caindo! Como pode?”. O fato de ter compartilhado com um amigo  trouxe luz para o problema e quebrou o medo e a vergonha que me prendiam de experimentar um romper. Porém, o meu processo foi inverso. Eu sempre dizia: “Como é possível eu ainda cair nisso quando eu acredito em quem Deus me chamou para ser? Quando eu acredito que Ele me ama e me perdoa”. Eu sei do desafio que é compartilhar sobre essa luta com uma pessoa, mas, acima de tudo, você precisa renovar a sua mente na Palavra!

8- Não se sinta mal porque você foi tentado

Tentação é algo que acontece. Jesus mesmo foi tentado em todas as coisas! Mas não é sobre a tentação em si, e sim sobre o que você faz com ela. Depois do meu romper, meses depois eu me vi começando a buscar pelos mesmos sites em que eu não queria mais olhar. Mas bem rápido me veio o pensamento: “Por que eu estou começando a buscar por pornografia se eu não quero mais isso na minha vida?” e com apenas 1 click eu fechei a janela. O poder muitas vezes está em apenas 1 click e com uma mente renovada foi vai conseguir fazer a melhor escolha!

9- Mantenha a esperança

Não acredite que você irá lidar com isso para sempre. Essa é uma grande mentira que quer te levar pro fundo do poço! Eu mesmo tive problema com pornografia durante 10 anos! É muito tempo! É claro que cada vez que eu caía, parecia que eu estava num ciclo sem fim. Então como alguém que tem experimentado essa liberdade, eu digo: “é possível ser livre! E se hoje eu compartilho sobre a minha jornada, é porque eu acredito que hoje mesmo você pode encontrar plena liberdade também!

COMPARTILHE ESSE TEXTO! 
Eu tenho certeza de que ele pode impactar alguém que você conhece!

12976854_1144084505624416_4504383907097072953_o

Leia também:
Você pode fazer o que você quiser fazer!
Como encontrar alegria durante o processo
Até que ponto confiar em Deus?

facebookcomentario

 

Eu não vou pedir por respeito, eu vou apenas continuar vivendo o Evangelho.

Foto: Otto Helberg
Foto: Otto Helberg

Ontem eu li um artigo que me chamou bastante atenção, onde o jogador de futebol americano Tim Tebow acabou sendo dispensado pela namorada, que foi Miss Universo em 2012, pelo fato dele querer se manter virgem até o casamento. Em um país onde a maioria das pessoas se consideram cristãs, ainda assim essa foi uma grande surpresa para a mídia, que acabou trazendo crítica na direção do atleta, o que me fez refletir sobre o Evangelho que temos vivido.

Tem alguns assuntos que eu geralmente não compartilho muito. Mas quando muitas pessoas descobrem que eu também só quero ter uma relação sexual após o casamento, a maioria dos olhares e palavras são de “você é maluco” ou “você é gay?”. Quando eu digo que não quero beber, recebo perguntas irônicas como “a sua igreja não permite?”. E assim por diante… O deboche está sempre presente desde sempre. E o mais irônico é que acaba vindo de pessoas que se dizem ter a “mente aberta”. Continuar lendo Eu não vou pedir por respeito, eu vou apenas continuar vivendo o Evangelho.

Como lidar com uma pessoa que fala mal de todo mundo?

Foto: Otto Helberg

Todos nós já tivemos pensamentos negativos sobre alguém e muitas vezes já os colocamos para fora quando não deveríamos, por estarmos frustrados, insatisfeitos ou machucados. Não quero usar isso como uma desculpa, mas acaba sendo parte do nosso crescimento pessoal. Porém, ao mesmo tempo, todos nós conhecemos pessoas que fazem dessa prática um estilo de vida, algo que vai além do corriqueiro, e é sobre isso que eu quero falar.

A ação ou hábito de dizer mal dos outros é chamada de maledicência. Essa atitude é algo que o apóstolo Paulo nos orienta a abandonar (Colossenses3:8), pois eu creio que está conectada à nossa capacidade carnal de ver uma pessoa ou situação. Afinal, a Bíblia nos diz que Jesus nos comprou por um alto preço, assim não deveríamos ver ou tratar uns aos outros como lixo.

Mas por não sabermos como lidar com esse tipo de atitude, muitas vezes não fazemos nada em relação a ela e ficamos assistindo ela crescer livremente em nosso meio. Assim, acabamos nos permitimos ser rodeados por pessoas que parecem  que a única coisa que sabem fazer é falar mal de pessoas e isso não está certo pois a maledicência é pecado.

Eu não tenho todas as respostas, mas eu tenho buscado crescer e convidado pessoas ao meu redor a entrar nessa mesma jornada. Sendo assim, eu quero dividir 2 pontos que tenho aprendido sobre esse assunto:

 

1. O amor diz “pare!”

Um amigo que fala mal de todo mundo, certamente, um dia, vai falar mal de você também. Não se engane pensando que com você será diferente, pois não é algo pessoal e sim relacionado ao caráter mesmo. Então, se você é amigo de verdade e se importa com a pessoa, convide-a a colocar as lentes do Pai e mudar a perspectiva e escrever uma nova história. Continuar lendo Como lidar com uma pessoa que fala mal de todo mundo?

6 livros que impactaram a minha vida (e que eu recomendo!)

FullSizeRender (51)

“Esse livro vai mudar a sua vida!” – as vezes eu escuto essa frase. Não concordo muito com ela, mas acredito que as palavras e a perspectiva que um autor carrega consigo pode impactar em muito a forma em que vivemos também. Por isso, fiz uma pequena seleção de alguns dos meus livros favoritos, com um breve comentário e o link para você encontrar numa loja virtual. Assim como impactaram a minha vida, espero que impactem a de vocês também. Continuar lendo 6 livros que impactaram a minha vida (e que eu recomendo!)

Não vá para a igreja apenas pra ouvir mais uma boa mensagem

IMG_0008

“As pessoas chegam por causa dos milagres, mas não querem ir embora por causa da cultura”, foi uma frase meio audaciosa que ouvi no início do seminário por um dos professores. Logo no começo quando ouvi falar da Bethel, de fato era por causa das curas que estavam acontecendo. Depois eu assisti a um vídeo com pó de ouro caindo sobrenaturalmente durante um culto e em seguida li o livro Quando o Céu Invade a Terra do Bill Johnson (recomendo!) e a cada página eu dizia: “eu quero viver isso!”

Ontem mesmo me perguntaram se eu faria tudo de novo e eu respondi “sim”, sem pensar duas vezes pois ter estudado na Bethel foi uma das melhores experiências da minha vida! Porém, eu não acredito que o que está acontecendo por lá é um derramar de uma unção especial exclusiva para aquela igreja, como eu já ouvi falar por diversas pessoas de fora. Pois eu creio que quando os céus foram abertos, não foram abertos para uma determinada região geográfica, mas para todos aqueles que crêem. Continuar lendo Não vá para a igreja apenas pra ouvir mais uma boa mensagem

O dia em que Jesus cuspiu em um cego

fé
Foto: Otto Helberg

Eu sempre fui bem maluco apaixonado pela questão do sobrenatural. Eu lia na Bíblia que Jesus tinha nos comissionado para fazer obras maiores, mas até então eu nunca tinha visto uma pessoa ser curada através da minha vida! Isso não fazia sentido!

Certa vez, eu estava em uma conferência com alguns amigos onde teve ensino e ministração sobre cura! Um deles se levantou: ele não queria usar mais óculos! Naquele mesmo momento, eu pensei: “É hoje! Vou orar por ele!”. Me posicionei com ousadia, era hora de ver o milagre! Pensei novamente “já sei o que vou fazer: vou seguir os passos de Jesus!”. Então eu cuspi na minha mão e esfreguei aquela baba em seus olhos com muita fé! Nós dois estávamos bem animados para ver o resultado – ele nem parecia estar com nojinho, entrou no barco junto comigo! Mas no final, só tinha um bando de cuspe em seu rosto, pois não houve nenhuma melhora!!!

É claro que eu não tinha entendido porque nada tinha acontecido! Afinal, Jesus tinha usado o cuspe para curar um cego de nascença! E nem venha me falar que não aconteceu o milagre porque eu me esqueci de misturar a saliva com a terra do chão! haha

Enfim, esse momento ficou marcado em minha memória. Eu começo a rir sozinho todas as vezes que penso naquela cena e na nossa expectativa. Mas que serviu para me deixar ainda mais curioso em saber, de fato, o que tinha passado naquele momento com Jesus pra fazer algo que para muitos parecia meio nogento?

No episódio contado no livro de João, Jesus fala que o homem nasceu cego “para nele se mostrar o poder de Deus”. Até essa parte eu tinha entendido. Mas eu não imaginava a sua tamanha compaixão! Os discípulos perguntaram, anteriormente, quem havia pecado, se era o homem ou os seus pais. Para aquela comunidade, aquele cego era um ser desprezado, ignorado, fruto do pecado. Pessoas como ele sofriam “bullying”! Pessoas como ele eram cuspidas! E Jesus sabia disso!

Eu fico imaginando o cego pensando quando Jesus se aproximou dele: “é, eu achava que esse homem era diferente. Tinha ouvido falar que Ele veio pra salvar o mundo… mas, parece que não, pois ouço cuspe e ele deve estar mirando na minha direção! Ele é igual aos outros! Eu realmente não valho nada!”. 

 

Jesus sabia da dor que aquele homem havia passado por toda a sua vida, não apenas pelo fato de não poder enxergar, mas pelo fato de também ter sido rejeitado. Então Jesus cuspiu na terra, a mesma terra que tinha sido amaldiçoada na queda do homem no Jardim do Éden. E aquilo que foi símbolo de maldição e rejeição durante toda vida de um homem, Jesus usou para redimí-lo e trazer cura! Certamente, daquele dia em diante, aquele homem nunca mais foi o mesmo! Ele pôde, sim, enxergar novamente, mas ele também teve um encontro com o poder sobrenatural do amor de Jesus, que trouxe restauração de dentro para fora! Deus é muito bom!

Como eu disse no começo: eu amo o sobrenatural! Mas até hoje eu não entendo porque algumas pessoas não são curadas quando eu oro por elas, pois eu sei que Jesus quer curá-las muito mais do que eu quero! Porém, de uma coisa eu sei: que todos aqueles que foram até Cristo foram curados e o mesmo poder que atuou para ressucitar a Cristo dos mortos, atua em nós para realizarmos grandes coisas em Seu nome. Nós não podemos parar! Ao invés de buscarmos respostas, temos que focar nossos olhos em Jesus, que tem todas as respostas!

Infelizmente, o que vejo diversas vezes, são pessoas com o seguinte discurso: “Você não foi curado? Te falta fé irmão! Se vira aí! Vai orando até você ter fé e quem sabe, um dia, você será curado”. E tiram das mangas aquele verso que diz que Jesus não pôde fazer grandes milagres em uma certa cidade por causa da fé das pessoas. Mas TODOS os que foram até Jesus foram curados!

Jesus disse, sim, “a sua fé te salvou”, diversas vezes. Mas, primeiro, Jesus demonstrou o seu amor com o sobrenatural, depois as pessoas começaram a chegar até Ele com fé sabendo que Ele podia curá-las. Se ele andasse por aí não realizando milagres, as pessoas jamais iriam pedir por milagres. E é isso que Ele nos ensinou com a história do cego de nascença: que olhássemos com compaixão para uma vida que precisa de cura e restauração, sabendo que dentro de nós existe a solução para aquele problema, ao invés de buscarmos desculpas e empurrando a culpa para as outras pessoas, pois isso só faz com que a gente não cresça em revelação.

Assim, vamos abraçar a responsabilidade como filhos e filhas de Deus de estabelecer o Reino dos céus na Terra, crendo que Ele quer e vai nos usar poderosamente para manifestar do seu amor!


Leia também:
3 princípios sobre como curar os enfermos
4 dicas para um Evangelismo sobrenatural
Pare de ficar dizendo que as pessoas vão para o inferno!